7 dicas para ficar craque em interpretação de texto

Terça, 21 de Dezembro de 2021 Leitura: 8min 11seg

7 dicas para ficar craque em interpretação de texto

 

Você sabia que, em concursos públicos, questões de compreensão e interpretação de textos representam cerca de 30 a 40% das provas. Interpretação de texto não é requisito exclusivo da disciplina de Língua Portuguesa, afinal, o domínio do português contribui para um bom desempenho em todas as disciplinas, inclusive em matérias que envolvem números. 

Os benefícios de dominar as técnicas de compreensão e interpretação de textos são amplos, mas o maior deles é a otimização do tempo de leitura e assimilação de textos. Já leu determinado escrito e se perdeu na leitura? Ou ficou preso no mesmo trecho, lendo-o diversas vezes sem entender o que estava escrito ali? Há relatos de quem perdeu tanto tempo na prova de português, que acabou comprometendo o tempo para resolução de outras disciplinas. Por esses e outros motivos, é necessário dominar a compreensão e interpretação de textos com técnica e práticas regulares de exercício.

Compreender tais técnicas é importante não apenas para a resolução de questões específicas, mas é fundamental também para a compreensão dos enunciados de todas as matérias, independentemente da área. Como entender aquela questão de raciocínio lógico, por exemplo, sem compreender o que se pede no enunciado? 

Para dominar o conteúdo e arrasar na prova, trouxemos algumas dicas para você resolver as questões de Língua Portuguesa com assertividade, solucionando as questões com técnica e otimizando seu tempo. Preparados? Então, vamos lá!

7 Dicas de Compreensão e Interpretação de Textos

  1. Primeiro, faça uma varredura do texto, ou seja, uma leitura inicial, do início ao fim, para entender seu teor e o assunto principal.
  1. Comece pelas questões de gramática para, só depois, debruçar-se nas de compreensão e interpretação de textos.
  1. Chegou a hora da segunda leitura do texto. Nessa etapa, sinalize em cada parágrafo a sua ideia central. A estrutura sempre respeita a seguinte lógica: a introdução contém a ideia central, os parágrafos comportam o desenvolvimento, disposto em tópicos frasais e, por último, a conclusão que resgata a ideia central.
  1. Bateu a insegurança para responder alguma questão? Marque o trecho da dúvida e dê seguimento à leitura. Conforme for lendo outras questões e avançando na prova, é provável que você entenda o que não ficou claro de início.
  1. Sempre destaque as palavras-chave do enunciado, essa técnica pode ajudá-lo a entender o que pede exatamente a questão. 
  1. A recorrência (compreensão de textos) e a inferência (interpretação de textos) são dois tipos de questões de interpretação. Para as questões de recorrência, você precisa consultar o texto e encontrar a resposta. Já nas questões de inferência, você é levado a deduzir e concluir com base em pressupostos textuais.
  1. E, por último, os principais erros na hora de usar a recorrência e a inferência estão relacionados à extrapolação, ou seja, ir além do que diz o texto, baseando-se em suas próprias concepções.

Conclusão

Gostou das dicas? Com elas, você vai dominar e compreender efetivamente o que você está lendo, interpretando textos e enunciados de forma mais assertiva.

E, para você que quer se aprofundar no assunto, convido para conhecer o curso "Módulo V - Interpretação de Textos" da Professora Adriana Figueiredo. Esse curso tem o objetivo de preparar o aluno para interpretar textos e resolver as questões por meio de teoria e questões de concursos.

Para mais informações, acesse: Módulo V - Interpretação de Textos